1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (757.566 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Minha Casa Minha Vida tem novas regras e anuncia 25,6 mil unidades

O programa Minha Casa Minha vida é uma iniciativa do governo federal juntamente com instituições financeiras e construtoras que oferecem facilidades para o financiamento de moradias. Esta iniciativa além de contar com o apoio governamental e de industrias também conta com parcerias de estados, municípios, diversas empresas e entidades sem fins lucrativos.

Programa destinado a moradias para famílias de baixa renda, tratando-se de uma oportunidade para que famílias de baixa renda possam possuir sua CASA própria.

Minha Casa Minha Vida – Quem pode participar?

Existem modalidades na qual o interessado no Programa Minha Casa Minha Vida pode participar, tais como:

Renda até R$1.800,00 que possui financiamento de até 120 meses, com prestações que podem variar de R$80,00 á R$270,00, porem vale lembrar que isso irá depender da renda familiar e do imóvel que a pessoa pretende adquirir.

Renda até R$2.600,00 (faixa 1,5) no qual podem adquirir imóveis com taxa de 5% ao ano e ter até 30 anos para pagar, no geral recebem em torno de 47,5 mil reais de subsídios.

Minha Casa Minha Vida

Minha Casa Minha Vida. Imagem:dovulgação

Estes podem adquirir imóveis novos ou usados e ou terrenos, podendo construir a casa do jeito que preferir. Renda com até R$4.000,00 mil reais (faixa 2), estes podem receber um subsídio de até R$29.000,00. Já pessoas com ganho de até R$7.000,00 (faixa 3) recebem taxa de juros diferenciadas.

Quais as condições para entrar no programa Minha Casa Minha Vida?

Existem ainda algumas condições para que a pessoas se enquadre no programa Minha Casa Minha Vida:

  • A prestação não poderá ultrapassar 30¢ da renda bruta mensal
  • Deve possuir renda bruta no valor de até R$7.000,00
  • O imóvel não poderá ser utilizado para fins comerciais
  • Apresentar documentações pessoais bem como comprovante de renda e diversos documentos para confirmar a veracidade das informações prestadas.

Depois de feito o Cadastro, a instituição financeira realiza a validação das informações do comprador e do vendedor e verifica a veracidade das informações após isso é feito a contratação e a assinatura do contrato. Porem neste ano de 2017 foram feitas diversas alterações nas faixas etárias para a contratação do Programa Minha Casa Minha Vida.

Acesse e saiba mais informações: → Simulador Construcard Caixa

Quais as mudanças no Programa Minha Casa Minha Vida no ano de 2017?

A primeira mudanças foram:

  • Aumento de construção de unidade para mais de 25 mil na faixa etária 1 ( pessoas que possuem renda até R$1.800,00).
  • Aumento de propostas em diversos municípios o que resulta em um investimento de mais de R$2,1 bilhões.
  • Haverá redução de unidades por empreendimento , que era de 2000 , passará a ser se apenas 500.
  • Será permitido que até quatro empreendimentos sejam construídos juntos, desde que possuam diversas vias de acesso .
  • Cidades que já possuem empreendimentos concluídos a mais de 60 dias e que estejam ocioso poderá ser excluída
  • Possui meta de até 100 mil unidades novas de habitação
  • Há estudos ainda que possibilitem o “aluguel social”, no qual o governo passa a custear e subsidiar imóveis para a faixa 1, porem vale lembrar que este aluguel social ainda está em estudo.
Minha Casa Minha Vida

Minha Casa Minha Vida. Imagem:divulgação

Outras medidas anunciadas foram paras as faixas 1,5, 2 e 3 que passam a necessitar de R$2.600,00, R$4.000,00 e R$9.000,00 respectivamente como salários para adquirir o programa. Medidas estas tomadas para que mais pessoas possam se enquadrar no programa e adquirir sua sonhada casa própria.

Para mais informações a respeito das mudanças neste ano de 2017, bem como informações basta acessar o site oficial da Caixa e verificar todas as informações que são atualizadas diariamente. Outros locais para se obter mais informações sobre o Programa Minha Casa Minha vida são os Sites http://www.caixa.gov.br.

Recomendados para você: